CAULE SOLICITA A INTERVENÇÃO URGENTE DOS PRESIDENTES DA CÂMARA DE OLIVEIRA DO HOSPITAL, ARGANIL, TÁBUA, SEIA, PENACOVA E SANTA COMBA DÃO

18 Ago CAULE SOLICITA A INTERVENÇÃO URGENTE DOS PRESIDENTES DA CÂMARA DE OLIVEIRA DO HOSPITAL, ARGANIL, TÁBUA, SEIA, PENACOVA E SANTA COMBA DÃO

URGENTE – AÇÕES DE VIGILÂNCIA E PRÉ-POSICIONAMENTO – ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA PREVENTIVO

Ex.mo Senhor

Presidente da Câmara Municipal

Presidente da Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios

Atendendo às difíceis condições meteorológicas que se avizinham para o próximo fim de semana, que muito vão contribuir para a rápida propagação de incêndios florestais, e que o Governo de Portugal vai declarar o Estado de Calamidade Pública com efeitos preventivos nos distritos do interior das regiões Centro e Norte.

Atendendo também que esta Associação não tem a certeza se o Município a que V. Ex.ª muito dignamente preside estará incluído nestas zonas, vimos solicitar que V. Ex.ª providencie junto do Governo nesse sentido.

Acrescentamos ainda, que, na nossa opinião, deve ser reforçada a vigilância e o pré-posicionamento de meios, principalmente entre as 10 e as 19 horas, não descurando o período nocturno. Para estas ações devem ser requisitados todos os agentes de protecção civil do Concelho, nomeadamente Bombeiros, GNR, Câmara Municipal, Juntas de Freguesia, ICNF, Organizações de Produtores Florestais e outros que possuam meios e capacidade para as fazer.

Estamos certos que com uma vigilância intensiva as ocorrências diminuirão e se as houver serão debeladas muito mais rapidamente.

Esperando a melhor compreensão de V. Ex.ª, apresentamos os nossos melhores cumprimentos.

J. Vasco de Campos
Presidente Executivo

 

18 de agosto de 2017